• Michelle Maia

Projeto que inspira: cinema e inclusão social


No Centro do Rio de Janeiro, a Biblioteca Parque disponibiliza sessões de cinema diariamente para o público de forma geral. O mais interessante desse projeto é que ele atraiu pessoas em situação de rua para desfrutar dessas sessões diárias.

Foto: divulgação

A biblioteca possui um acervo de mais de dois mil títulos doados por moradores da cidade e dá duas opções de títulos por dia. Em cada uma das 10 cabines cabem duas pessoas. Os frequentadores são cadastrados e recebem até uma carteirinha.

O Rio de Janeiro possui mais de 15 mil moradores em situação de rua e a iniciativa da Biblioteca Parque é louvável no sentido de dar perspectiva e inclusão social à essas pessoas tão marginalizadas.

A sétima arte possibilita que essas pessoas voltem a sonhar, estimula a criatividade e amplia os horizontes. O projeto da Biblioteca Parque do Rio de Janeiro poderia inspirar a Secretaria de Cultura do Distrito Federal. A Biblioteca Nacional de Brasília poderia ser o start desse programa que depois poderia ser implementado nas outras 25 bibliotecas públicas do DF, afinal sonho não tem limites.

Parabéns aos idealizadores desse projeto que é exemplo de cidadania, inspirador e emocionante. Que mais iniciativas como essa surjam a cada dia.

Michelle Maia é jornalista e editora da Se7e Cultura


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Anuncie aqui na Sete Cultura
WhatsApp Image 2021-05-14 at 14.50.52.jp
image007.jpg