• Marcelo Araújo

Sobre homens e árvores


Foto: Marcelo Araújo

Aqui em Brasília, perto da área comercial da quadra 207 sul, há meia dúzia de belas árvores. Não entendo de botânica para dizer quais as espécies dessas plantas, porém são frondosas, belas e proporcionam sombra, tão importante na época de seca e calor que se aproxima no Planalto Central.

Qual não foi o choque que tive ao passar por lá e ver que as árvores foram cercadas. O motivo: uma construtora vai derrubá-las para erguer um prédio comercial. Saem raízes, folhas, flores, frutos, ninhos de pássaros e entra em cena o concreto.

Felizmente, o fato gerou indignação da comunidade, que respondeu com uma manifestação no último sábado (22/04). A população não aceita a derrubada das árvores e promete se mobilizar para impedir essa barbárie. Há uma década, tentaram fazer o mesmo na quadra ao lado, na 208 sul. Chegaram a cercar as árvores para arrancá-las, porém a empreitada não seguiu adiante por conta justamente da mobilização da comunidade.

Temos visto nos últimos anos as riquezas naturais da região Centro-Oeste serem dizimadas pelos interesses de grandes grupos econômicos, como produtores de soja, pecuaristas e especulação imobiliária. Esta ganha destaque no Distrito Federal, onde o crescimento urbano desordenado, com a complacência de governos e políticos, contribui para a devastação do Cerrado.

Com toda essa ganância empresarial, nos últimos anos pouco se poupou, como o Parque Olhos D’Água, na Asa Norte. Não fosse a união dos moradores da região, os grupos imobiliários teriam passado o trator por cima das nascentes, dos bichos e das plantas dos Olhos D’Água, o que aliás fizeram por todo o DF, com o interesse privado prevalecendo sobre o social.

Nosso precioso bioma está ameaçado, justamente em uma época em que se fala tanto de sustentabilidade no mundo dos negócios. Reflexos da irresponsabilidade e descaso dos governos do Distrito Federal por décadas com a natureza aí estão: escassez de água, períodos de estiagem cada vez mais prolongados, aumento da temperatura, poluição das águas e dos ares, destruição da fauna e flora. O que mais podemos esperar? Talvez salvar estas árvores que querem derrubar na 207 sul seja um bom começo.

Marcelo Araújo é jornalista, escritor e colaborador da Se7e. Publicou os livros Não Abra – Contos de Terror, Pedaço Malpassado, A Maldição de Fio Vilela, A Testinha de Gabá e Casa dos Sons.


34 visualizações
Anuncie aqui na Sete Cultura
banner 17 dias.jpg
thumbnail.jpg

Os roteiros de cinema, shows, teatro, diversos, exposição e festas não são publicitários. Estes podem ser enviados para o nosso email contato@setecultura.com

Não nos responsabilizamos pelas modificações de última hora. 

As fotos utilizadas são de Divulgação.

Os artigos assinados não são de responsabilidade da Sete Cultura. Todos os direitos reservados. 

Reprodução proibida sem autorização por escrito.

Dúvidas, Anúncios e Programação

Envie seu email para:

contato@setecultura.com

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

@setecultura

© 2017 por Sete Ltda. Orgulhosamente criado com Wix.com